Alimentos x cicatrização

Crédito da imagem: pexels.com

 

 

Saiba como acelerar a cicatrização ingerindo alguns alimentos essenciais na sua dieta

 

Na maioria dos consultórios de cirurgiões plásticos (ou até mesmo de dermatologistas) há sempre uma preocupação enorme com a cicatrização.

A maioria dos pacientes buscam eliminar o máximo possível as marcas que são inevitáveis após algum procedimento ou buscam de alguma forma suavizar aquelas que já estão em sua pele.

Apesar do que muitas pessoas acreditam, não são apenas os medicamentos os responsáveis nesta tarefa. Ingerir alguns alimentos que ajudam a cicatrização também é extremamente importante, especialmente para aqueles que estão em uma etapa de recuperação.

A suavidade de uma marca depende muito mais do que apenas qualidade técnica do profissional que fez uma cirurgia, e sim de um conjunto de fatores que deve ser do conhecimento do paciente, assim que ele entra no consultório.

Abaixo, falaremos mais sobre a importância e papel da alimentação na cicatrização e como você pode potencializar seus resultados com alguns alimentos funcionais e espetaculares para sua saúde.

Pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

 

O papel da alimentação na cicatrização e alguns dos principais nutrientes

Muitas pessoas não sabem, mas existem inúmeras substâncias naturais contidas em alimentos que são extremamente benéficas para o processo de cicatrização.

Apenas para citar alguns exemplos das substâncias benéficas, nós temos o ômega 3, vitamina C — o que surpreende a todos —, e o zinco.

Em contrapartida, nós temos alimentos que são prejudiciais e certamente são um problema para quem quer realmente ter uma pele impecável, tanto no aspecto de cicatrização como no aspecto de aparência natural.

Esses alimentos são aqueles ricos em gorduras trans e de sódio, o que inclui atualmente uma longa lista de opções que estão na dieta da maioria das pessoas.

Salgadinhos e produtos processados lideram a lista de opções que são recheados destes nutrientes, e pelo menos para quem deseja ter uma pele mais bonita, recomenda-se a ingestão limitada dessas guloseimas.

Vale também ser mencionado que os benefícios de uma alimentação rica nas substâncias benéficas que citamos não fará tanta diferença nas pessoas que já estão com a cicatriz formada na sua pele.

Os maiores resultados acontecem nas pessoas que estão ainda no processo de cicatrização, onde o tecido conjuntivo ainda está sendo sintetizado pelo organismo.

 

Os principais alimentos que você deve ingerir na sua dieta

Agora que você já sabe sobre as substâncias, chegou o momento de falarmos sobre alguns dos principais alimentos que você deve ingerir para colher os resultados que espera.

Em primeiro lugar, nós devemos ressaltar que existem inúmeras boas fontes de ômega 3, e o nosso principal destaque vai para o óleo de peixe. O salmão, o atum e a sardinha. A linhaça, outros grãos e nozes (como as castanhas-do-pará) também podem te ajudar na ingestão deste ácido graxo importantíssimo para sua saúde.

Saiba que o ômega 3 é um anti-inflamatório natural capaz não só de auxiliar na recuperação de inúmeros processos fisiológicos, como também previne de inúmeras doenças crônicas.

Falando agora a respeito da Vitamina C, entenda que ela é um dos principais precursores do colágeno, uma importante substância que ajuda a dar sustentação e firmeza na pele de todo seu corpo.

Portanto, incluir frutas ricas em antioxidantes — que também são benéficos — e que são ricas em Vitamina C é uma aposta ideal para quem quer melhores resultados. A laranja talvez seja a forma mais simples e mais fácil de conseguir esses resultados. A acerola e o pêssego também podem te ajudar na ingestão desta importante vitamina.

Por fim, saiba que o zinco é um dos principais minerais que melhora a cicatrização. De acordo com especialistas, é impossível conseguir um bom resultado sem a ingestão mínima deste nutriente essencial para nossa vida.

Para encontrá-lo nos alimentos não é muito difícil. Basta incluir carnes, peixes e todos os vegetais folhosos de cor verde escura para conseguir suprir todas as necessidades fisiológicas do seu organismo.

Alguns estudos comprovaram que os pacientes que apresentam queloides apresentam baixas concentrações de zinco no seu organismo, portanto, tenha este mineral como uma das suas prioridades.

Foque em cortes de carne magra e em alimentos de qualidade para conseguir tudo aquilo de melhor que seu corpo precisa sem colocar em risco sua saúde.

 

Quando optar por esses alimentos

Como você pode observar, esses alimentos não necessariamente precisam estar presentes somente em ocasiões especiais da sua vida. Entretanto, certamente recomendamos que eles estejam em maior quantidade no momento em que os cuidados após a cirurgia sejam maiores.

Eles potencializarão seus resultados e farão com que você tenha menos coisas para se preocupar durante um pós-operatório mais intenso.

Em outro momento que a quantidade desses nutrientes deve ser aumentada é após a realização de procedimentos estéticos. Nestas ocasiões seu corpo também precisa de mais nutrientes para suprir as demandas de recuperação da pele da área afetada.

Não se esqueça que uma alimentação saudável é o pilar para uma vida equilibrada, com muita energia e livre de enfermidades. Na dúvida, procure um nutricionista para encontrar as quantidades e proporções corretas para seu caso em especial.

Lembre-se que até mesmo o exagero desses nutrientes pode provocar problemas à saúde, o que certamente colocaria sua cicatrização em uma condição ruim e todos seus resultados e bem-estar também.

Saúde é coisa séria e deve ser levada como uma das prioridades de todos aqueles que buscam ter um corpo e pele bonita, não importando idade ou sexo.

Recomendamos também que você evite medicações que não foram prescritas por um médico e que prometem resultados mágicos e milagrosos. Dificilmente eles são capazes de garantir o efeito que você procura e a única forma de ter certeza que eles são adequados é com a orientação de um profissional altamente qualificado.

Este foi nosso post de hoje sobre os alimentos que ajudam a cicatrização. Gostou do conteúdo? Não deixe de comentar abaixo sua opinião a respeito — estamos ansiosos para saber o que você pensa sobre este assunto que dificilmente recebe a atenção que merece na mídia especializada.

 

Texto publicado em parceria com Aescare.

 

 

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *