Live-action é pior que o filme original?

O live action de um dos maiores clássicos da Disney, “o Rei Leão” estreou há alguns dias, e com seu lançamento diversas opiniões se formaram com a versão computadorizada da animação feita em 1994 pela Disney. Então, nós da Ella separamos as melhores características do filme para vocês:

 

  • Dublagem: Com certeza um dos pontos mais fortes do filme. Como a versão live-action, a falta de expressões das animações foram uma das maiores preocupações do público com o novo filme, porém, o pouco que deixa a desejar das expressões, se compensa completamente na dublagem, tanto na versão em inglês, quanto em português. Além de utilizarem vozes incríveis como a da cantora Iza e do ator Ícaro Silva, na dublagem brasileira, foram incorporadas diversas gírias e termos que usamos no dia-a-dia, que se encaixaram perfeitamente no contexto e aumentaram ainda mais a personalidade dos personagens, como a cena em que Timão e Pumba encontram Simba e Pumba deseja que ele chame Ricardo. 
  • Música: Acompanhando o sucesso do desenho original, as novas vozes não deixaram nada a desejar nas canções, não à toa, contamos com Beyoncé e Iza. E os clássicos “Can you feel the love tonight” e “ Circle of Life”, continuam arrepiando igual a animação.

 

  • Fidelidade com o original: Apesar de algumas diferenças em detalhes mostradas ao longo do filme, a semelhança entre as cenas já aparecem desde o início do filme, com a cena icônica do nascimento do Simba, e a música “Ciclo sem fim”. Cada momento da cena é extremamente fiel à animação. A caracterização de alguns personagens, como o Pumba, Zazu e Rafiki também foram muito bem trabalhadas.

 

Resumindo, o live-action, por mais que não seja exatamente igual ao desenho animado,conseguiu atingir todos seus objetivos. A produção é emocionante, bem feita e ainda conseguiu reviver um dos favoritos do público da Disney.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *